Coletivo "Nós, as poetas!"

Somos "Nós, as poetas!", um coletivo de mulheres escritoras. Não poetisas, um termo pejorativo que diminui e inferioriza a literatura produzida por nós, mulheres. Somos poetas e não respeitamos as normas da gramática. Somos das ruas, coloquiais ou cultas quando quisermos. Somos marginais.

Em 2016, na cidade do Rio de Janeiro, nos unimos para a construção de atividades e publicações com protagonismo de mulheres, levando em consideração nossas pluralidades marginais. A partir de nossos encontros, reverberamos o potencial revolucionário de toda forma de expressão artística, acreditando no papel transformador das construções coletivas.


Nas ruas, entradas de museus, praças, eventos e esquinas da vida nós, poetas, brotamos. Artista transpondo a si mesmas, se colocando como protagonistas de suas vidas numa sociedade, machista, racista, patriarcal, LGBTfóbica e eurocêntrica, mesmo na América Latina.

Com canetas, lutamos para que nossa escrita seja respeitada e reconhecida nas ruas, editoras, na academia e tantas outras formas de reconhecimentos para a escrita.  Como bem denunciou Virginia Woolf, por muito tempo “anônimos” fomos nós, mulheres poetas. Tantos anos depois, permanecemos à margem de um padrão que prioriza o padrão masculino e estamos em luta!

  • Branca Ícone Spotify
  • Siga Nós, as poetas!
  • Curta Nós, as poetas!
  • Branca ícone do YouTube

© Coletivo Nós, as poetas  |  2020  |  Brasil